O EFT é auto aplicável? Quando?

Publicado por Sonia Novinsky em 28/10/2014 às 15h15

Meus queridos,

Prometi que falaria sobre este tópico bastante polêmico e que muitas pessoas me procuram para fazer esta pergunta.
É O EFT auto aplicável? Se sim, é sempre? Depende de algumas circunstâncias? Quais seriam?

Para começar, algo bem simples. Há duas formas básicas de uso do EFT: há o EFT usado com fins analgésicos (EFT - aspirina) e o  EFT usado com fins terapêuticos, no sentido de eliminar a raiz do incômodo que se quer tratar, eliminando as questões, os sintomas, os obstáculos, as dificuldades, os traumas, as fobias, etc. de forma definitiva. 

Este EFT mais completo  é hoje chamado de Gold Standard EFT, e eu tutorial está hoje apenas no site http://www.emofree.com, em inglês.

Mas será objeto do curso que vocês irão fazer em breve se quiserem realmente aprender o EFT.

A receita básica, o EFT- aspirina, que elimina o sintoma provisoriamente, por exemplo, uma dor cabeça, um medo de avião, uma ansiedade quando se vai fazer uma prova, etc pode ser bastante eficaz. 

Esta receita foi atualizada recentemente e será ensinada diretamente por Gary Craig, no curso que estamos quase lançando para vocês. 

Sem dúvida, o EFT - aspirina é de um uso muito comum, muito bom e muito útil. 

Você está com uma dor de cabeça e precisa dar uma palestra: aí você faz algumas rodadas e dá sua aula sem sentir mais dor. Você está num avião e começa a ter taquicardia: aí você faz algumas rodadas e já sente um alívio que lhe permite usufruir a viagem sem sintomas. Muitos pacientes, depois das primeiras consultas, aprendem este EFT - aspirina e o usam para as mais diversas situações na sua vida cotidianaAnsiedades frente a provas, entrevistas, reuniões, apresentações. Facilita muito
a vida ter este recurso na manga do colete. 

Mas é importante lembrar que este EFT analgésico produz apenas efeitos temporários, o que significa que os sintomas voltarão. Podem até mesmo não voltar exatamente iguais, ou seja, podem  migrar para outros. Conheci uma mulher que fez tanto EFT para medo de avião  desta forma analgésica (mesmo que eu sinta medo de avião, ou taquicardia, eu me amo e me aceito...), que avião se tornou algo mais viável para ela, mas o elevador começou a despertar a fobia que o avião provocava.

Este EFT- aspirina é facilmente aplicável. Você usa a receita básica e, as dores físicas, as ansiedades, os medos, as fobias, o bruxismo, entre outros... tudo melhora rapidamente. Mas, como falei, de forma efêmera.

Para um tratamento mais sério e duradouro utilizamos  o método do EFT completo, o Gold Standard EFT, como mencionei acima. Ele vai à raiz dos problemas porque vai aos eventos específicos da vida da pessoa, e tratando do sistema energético-emocional presente nestes eventos, e das crenças que produziu este sistema, elimina as condições que tornam os sintomas ou incômodos  inevitáveis e recorrentes. E o EFT completo, o Gold Standard EFT pode ser auto-aplicável? Sim, em determinadas circunstâncias que exporei a seguir. 

A constituição, a evolução, do nosso eu, é contínua e ininterrupta, do nascimento à morte. E, neste processo, a nossa interação com outras pessoas tem um papel fundamental. Nós evoluímos e nos criamos em relação com os demais que nos circundam. Assimilamos os outros em nossa interioridade, desde nossa mãe, nosso pai, nossa família, até nossos colegas, chefes, amigos, etc. E desse contato vamos criando referências internas dessas  pessoas, mesmo quando estamos sozinhos.
Acontece que este processo nem sempre flui doce e suavemente. Há pessoas que sim, podem estar sozinhas e se sentem como que povoadas de pessoas e afetos bons e que, portanto, não sentem a solidão. Sentem o que podemos chamar de solitude, que é um estado de paz, de harmonia ainda que sem ter ninguém ao lado. Neste estado de solitude sentimos o suporte de todas as pessoas que internalizamos. Se isso ocorre, sim, podemos auto-aplicar o método completo do Gold Standard EFT em nós
mesmos com resultados efetivos. Porque não nos sentimos em solidão ou privação. 

No entanto,  há pessoas que, no processo de constituição e desenvolvimento do seu eu, sofreram faltas, invasões, traumas, de modo que não houve a internalização de pessoas dentro de si oferecendo suporte e aconchego. Nestes casos se a auto-aplicação ocorrer será em estado de solidão e dor e não de solitude. Geralmente se o EFT é auto-aplicado neste estado de privação da presença boa do outro dentro de nós mesmos, os efeitos serão poucos ou nulos ou até negativos. E neste caso o pedido de ajuda a um profissional acontecerá porque a pessoa sentirá um grande aperto ou uma neutralidade fria, indicando que as transformações não têm terreno firme para ocorrerem. Se você sente este estado básico de solitude, você pode se auto-aplicar mas, se você sente que falta a referencia interna boa de uma  pessoa, melhor sim, encontrar um profissional que terá esta função de acolhimento e suporte. 

Num próximo e-mail vamos conversar mais sobre por que um curso do Gary agora é muito importante e o que ele acrescentará em relação ao material ​que já temos em português: o que ele trará de novo!

Com carinho, e até breve!

Sonia

Me diga, este e-mail foi útil para você? Pode justificar a sua resposta?       

Tem algum tema relacionado ao EFT que você gostaria que eu 
​abordasse nestes artigos?

 

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/EFTemofree
Visite nosso site: http://www.emofree.com.br/
Troque experiências em nossa comunidade: https://www.facebook.com/groups/emofreebr/

Enviar comentário

voltar para Artigos

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left fwR tsN bsd b20s show|bnull||image-wrap|news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner|left show tsN fwR fsN|news fl c05
X

Entre com seu e-mail e receba informações sobre o Curso Oficial de EFT com o criador do método.
Inscrições: Julho/2017