Quem nunca se auto sabotou?

Publicado por Sonia Novinsky em 28/10/2014 às 15h50

Uma vez ouvi de um professor muito querido, a seguinte frase: "cada um de nós, nas circunstâncias dadas, faz, a cada momento, o melhor que pode para sua sobrevivência." Aquilo me fez pensar muito como nos tratamos com pouca compaixão.

No começo é chocante, como pode ser que alguém que está se boicotando, nunca melhora de vida, nunca acha um companheiro, etc esteja fazendo o melhor que pode e não se auto-sabotando? 

Muitos pacientes me colocam logo que chegam para a primeira consulta com esta sentença culpabilizadora: estou me auto-sabotando. A pessoa chega na primeira sessão já inundada de baixa auto estima, culpa e vergonha. 

Quando lhe pergunto e, se você olhasse as suas atitudes e suas ações como o melhor que pode fazer pela sua sobrevivência neste momento?
Como seria se admitisse que há metas a serem atingidas mas que pode aceitar que tem feito o melhor que pode? Geralmente ocorre um silencio nestes momentos e um alívio, um relaxamento, até às vezes um sorriso se esboça. A culpa se afasta. E geralmente falo estas frases já aplicando o EFT para as sensações corporais, para as emoções ligadas a culpa e a vergonha  e para a crença na auto-sabotagem. 

O processo de terapia com EFT visa, na medida em que investiga os eventos traumáticos específicos e cada um dos aspectos destes eventos, que "este melhor possível" que fazemos se potencialize, e se torne cada vez um melhor mais eficiente em relação as metas que nos colocamos. Este melhor possível para um momento sofrerá transformações, e o "melhor possível" será outro depois do tratamento com EFT.

Por exemplo, um empresário me procurou porque já há dois anos não conseguia mais ir trabalhar, ficando na cama a maior parte do dia, brigando com a mulher e os filhos, e a primeira coisa que disse foi: preciso mudar, estou num processo de auto sabotagem, faço tudo errado, não saio da cama, me culpo por isso, agrido a minha mulher e meus filhos o tempo todo, me sinto acabado. Tenho ódio de mim mesmo. Acho que só morrer me resta. Estava muito tenso, peito muito contraído, intensidade 10. (Testar a intensidade da negatividade é muito importante no trabalho com EFT, como você vai ver no curso que lançaremos em breve com Gary Craig).

Logo depois de fazer o EFT para estas crenças, emoções e sensações,  e sugerir a ele que podia considerar  que o que vinha fazendo era o melhor que podia para sobreviver, ele sentiu este primeiro alívio por alguém parar de julgá-lo e permitir que ele parasse de se julgar também. Esta classificação de auto-sabotagem, muitas vezes encontrada em livros de auto-ajuda  
reforça a auto-crítica da pessoa , agravando seu estado de sofrimento e desesperança.

Depois de trabalhar cada aspecto de todos eventos específicos graves de sua infância e mesmo de sua vida adulta e, cada sensação corporal que a narrativa dos eventos despertava, ocorreu uma transformação surpreendente no meu cliente. 

E isso aconteceu praticamente depois de dois meses de consultas semanais. Um dia ele chegou já com uma roupa mais colorida, um sorriso, um rosto rosado e vitalizado. Na sessão seguinte já me disse que conseguia sair da cama, e em seguida começou a conseguir fazer alguns trabalhos para sua empresa, e conseguiu enfim dialogar com seus familiares em vez de agredir e brigar. A esperança voltou, e começamos a trabalhar projetos para o futuro.

Ele havia tentado vários tipos de terapia e medicamentos fortíssimos sem nenhum resultado. Já estavam o classificando com aqueles nomes assustadores da psicopatologia.

Este percurso foi muito gratificante para ele e para mim, mas só foi possível porque ele se sentiu acolhido na medida em que pude reconhecer nele que ele tinha recursos, no momento em que disse que ele fazia o melhor e não o pior que podia, ainda que visivelmente ele poderia fazer muito mais por si, como acabou conseguindo em ​pouco tempo.

Em nosso curso de EFT, vamos mostrar os conceitos básicos da técnica.
É importante poder entender algumas questões e ter liberdade para caminhar.

Por favor, diga se foi útil este artigo e me fale que temas você gostaria que eu abordasse! Agradeço antecipadamente por seu tempo em nos ​ajudar nessa construção.

Enviar comentário

voltar para Artigos

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left fwR tsN show|bnull||image-wrap|news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner|left show tsN fwR fsN|news fl c05
X

Entre com seu e-mail e receba informações sobre o Curso Oficial de EFT com o criador do método.